Clubes
Competições
Publicidade
Em jogo dramático, Atlético vence o Lanús e conquista a Recopa
Brasil chega a nove títulos no torneio continental
Vinnícius Silva / Portre Imagens
Jogadores comemoram o título da Recopa

Por Anderson Alves

 

O Galo teve que suar muito para ser campeão. Jogando no Mineirão, o Atlético-MG precisou da prorrogação para vencer o Lanús por 4 a 3, após a derrota no tempo regulamentar por 3 a 2 na noite desta quarta-feira.

Nos 90 min, os gols atleticanos foram marcados por Diego Tardelli e Maicosuel, aos 6 e 37min do primeiro tempo. Enquanto o Lanús marcou com Ayala e Santiago Silva, aos 8 e 25min da etapa inicial, e Acosta, aos 48 min.

Na prorrogação, o atacante Luan, que havia entrado no lugar de Ronaldinho, marcou o terceiro gol atleticano, aos 12min do primeiro tempo, e Ayala fez contra, aos 6 do segundo tempo extra, dando números finais ao duelo.

Este é o terceiro título dos mineiros no Mineirão após a reforma do estádio para a Copa do Mundo. O Atlético-MG foi campeão estadual e da Libertadores em 2013 e agora conquistou a Recopa Sul-Americana.

Com a vitória atleticana, o Brasil chega a nove títulos no torneio que reúne os campeões da Libertadores e da Sul-americana, o quarto consecutivo. São Paulo e Internacional têm duas conquistas, enquanto Grêmio, Cruzeiro, Santos e Corinthians, além do Atlético-MG venceram uma vez cada.

Curiosamente, a partida que começou na quarta-feira, só terminou na quinta, dia 24 de julho. A data é simbólica, porque exatamente há um ano o Atlético-MG conquistava a Libertadores pela primeira vez, em uma final também dramática contra os paraguaios do Olímpia no Gigante da Pampulha.

O JOGO

O segundo jogo da final da competição sul-americana começou muito disputado no meio-campo.

Logo aos 6min, após cobrança de escanteio pelo setor direito o zagueiro Leonardo Silva cabeceou e a bola bateu no braço de Ayala. O árbitro Roberto Silvera assinalou o pênalti. Diego Tardelli bateu com categoria no canto esquerdo e marcou seu centésimo gol com a camisa atleticana.

Nem deu tempo da torcida comemorar e o Lanús aos 8min igualou o marcador. Em ataque rápido pela direita a bola foi tocada para Ayala bater forte e empatar o jogo.

A partir de então, o Atlético-MG parou em campo, seu sistema defensivo falhou muito e o Lanús desempatou, aos 25 min. Santiago Silva aproveitou rebote de Victor e colocou os visitantes em vantagem.

O gol do Lanús silenciou o Mineirão por alguns instantes, mas os alvinegros não desanimaram e tiveram forças para buscar a igualdade na etapa inicial, aos 37 min, por meio de Maicosuel, que fez seu primeiro gol em jogos oficiais com a camisa atleticana, aproveitando cruzamento de Marcos Rocha.

Na segunda etapa o Atlético-MG teve duas chances para ampliar, aos 5 e 6min, com Pierre e Ronaldinho, respectivamente.

A pressão do Lanús foi grande até o fim do jogo, e como prêmio, os argentinos chegaram ao terceiro gol aos 49 minutos do segundo tempo com gol de Acosta. O gol calou o Mineirão, surpreendido assim como quando viu a Alemanha fazer 7x1 no Brasil, na Copa.

Com o resultado o jogo foi para a prorrogação.

Na prorrogação o Lanús quase marcou com Ayala, aos 7 min. O meia paraguaio arriscou da entrada da área e a bola passou tirando tinta da trave direita de Victor.

Aos 12 min, o atacante Luan, que havia entrado no lugar de Ronaldinho, desceu pela esquerda e fez o cruzamento, a bola desviou em Gómez e morreu no fundo da rede. Alívio para a massa atleticana!

Já no segundo tempo extra, aos 6 min, Ayala tentou recuar de cabeça para Marchesín, a bola encobriu o goleiro e deu números finais ao confronto. Placar final: Atlético Mineiro 4, Lanús 3.

A NOVELA RONALDINHO

O presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, garantiu que o meia-atacante Ronaldinho vai cumprir o seu contrato com o clube até o final deste ano.

"Ele vai cumprir o contrato até dezembro. Ninguém me procurou, nem por parte do Ronaldinho, nem por parte de outro clube. O Assis [empresário e irmão do jogador] é meu amigo, temos uma boa relação, se tivesse alguma coisa, ele viria falar comigo. Eu não sei de onde surgiu isso, é mentira", afirmou Kalil em entrevista à rádio Itatiaia.

Ronaldinho foi titular na vitória do Atlético-MG sobre o Lanús por 4 a 3, na prorrogação, no segundo jogo da final da Recopa Sul-Americana. O camisa 10 foi substituído pelo técnico Levir Culpi durante o segundo tempo da partida e foi para o vestiário.

Após a conquista do título, o jogador retornou ao gramado para abraçar os companheiros e se esquivou ao ser perguntado se estava de saída da equipe mineira. "É maravilhoso, vim para este clube para fazer história, consegui, estou realizado, só tenho a agradecer ao presidente, aos companheiros, a torcida que me apoiou de forma espetacular, só tenho a agradecer de toda forma possível", falou o jogador.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 4 X 3 LANÚS
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 23 de julho de 2014, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Roberto Silvera (URU)
Assistentes: Miguel A. Nievas e Nicolas Taran (ambos do Uruguai)
Público: 54.786 torcedores
Cartões amarelos: (Atlético-MG) Tardelli, Pierre, Réver, Leandro Donizete (Lanús) Ayala , Somoza, Acosta, González, Braghieri, Gómez
Cartão vermelho: (Lanús) Acosta
Gols: Atlético-MG: Tardelli, aos seis, e Maicosuel, aos 37 minutos do primeiro tempo; Luan, aos 12 minutos do primeiro tempo da prorrogação, e Ayala, contra, aos sete minutos do segundo tempo da prorrogação. Lanús: Ayala, aos oitos, e Santiago Silva, aos 25 minutos do primeiro tempo; Acosta, aos 49 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Emerson Conceição; Pierre, Leandro Donizete, Maicosuel (Guilherme) e Ronaldinho (Luan); Tardelli (Dátolo) e Jô. Técnico: Levir Culpi
LANÚS: Marchesín; Araújo (Melano), Gómez (Benitez), Braghieri e Velázquez; González, Somoza, Ayala e Ortiz (Pasquini); Santiago Silva e Acosta. Técnico: Schelotto

Visualizações Visualizações: 750  
Data e Hora em que foi cadastrado Sexta, 25/07/2014 às 12:17:29


Próximos jogos
Últimos Jogos
Internacional
Cruzeiro
2 0
Atlético-MG
Chapecoense
3 0
Cruzeiro
Joinville
3 0
Grêmio-RS
Atlético-MG
2 1
Atlético-MG
Goiás
2 2
Palmeiras
Cruzeiro
1 1


42 Publicidade