Clubes
Competições
Publicidade
Cruzeiro vence o Joinville com facilidade e encerra ano para torcida em grande estilo
Willian é o artilheiro do Novo Mineirão após gol contra o time catarinense
Washington Alves / Light Press
Charles fez o segundo gol da vitória celeste

Com mais uma grande atuação, o tetracampeão nacional deu um show de bola na despedida do time no Mineirão em 2015 e venceu o Joinville por 3 x 0, com facilidade, na tarde deste domingo, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.
Willian, Charles e Alisson marcaram os gols da Raposa, que volta a campo no próximo domingo, às 17h, contra o Internacional, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre-RS, no último jogo do Cruzeiro na temporada.
O jogo
O Maior de Minas partiu para cima do Joinville desde o apito inicial do árbitro paranaense Rodolpho Toski Marques e literalmente encurralou o adversário, que jogava recuado, tentando segurar as investidas da Raposa.
Logo nos primeiros 15 minutos, foram três claras chances de gol do Cruzeiro, com Willian, Willians e Henrique. Na primeira delas, o atacante do bigode recebeu passe açucarado de Alisson e finalizou para o gol, mas o goleiro Agenor fez grande defesa.
Pouco tempo depois, o volante Willians invadiu a área, ganhou do marcador e chutou forte. A bola desviou no zagueiro Guti e saiu para a linha de fundo. Já Henrique aproveitou um cruzamento do meio-de-campo e chutou à direita do gol.
Apostando nos erros do Cruzeiro, o Joinville deu um susto no goleiro celeste aos 17 minutos, em um chute de longe de Kempes, que desviou em Paulo André e quase enganou Fábio, que fez importante defesa.
A Raposa voltou a sufocar o adversário, mas a bola insistia em não entrar, como na batida de Alisson, aos 25, que Agenor defendeu muito bem. Aos 33, Willians lançou Marcos Vinícius, que chutou cruzado. A bola passou entre o goleiro e os atacantes, mas ninguém conseguiu concluir.
Um minuto depois, o Time do Povo finalmente abriu o marcador, através do atacante Willian, que recebeu passe de Ceará, dominou a bola e chutou forte, colocado, sem chance alguma para o goleiro adversário. Cruzeiro 1 x 0.
O gol animou ainda mais a equipe cinco estrelas, que quase ampliou aos 37, novamente com Willian. O artilheiro tabelou com Marcos Vinícius, entrou na área e finalizou para fora, com muito perigo, à esquerda do gol de Agenor.
Só dava o Time do Povo, que, depois de muita pressão, fez mais um aos 40 minutos, em chute muito forte de Charles, de longe. Cruzeiro 2 x 0.
Segundo tempo
Com o placar amplamente favorável e o adversário praticamente batido e sem poder de reação, o Maior de Minas diminuiu o ritmo na etapa final, mas mesmo assim manteve o domínio total da partida.
Empurrado pela maior torcida de Minas Gerais, que não parou de cantar e incentivar o tetracampeão brasileiro um instante sequer, o Cruzeiro sobrava na partida e seguiu buscando a goleada.
Willians e seu quase xará Willian tiveram oportunidades, mas esbarraram em outras defesas do goleiro do Joinville Agenor, que não conseguiu deter o chute de Alisson. O atleta revelado pelas divisões de base celeste marcou um belo gol, aos 19 minutos, após passe de Willian. Cruzeiro 3 x 0.
Quase no final da partida, aos 44, o artilheiro Willian, que jogou muito bem novamente e se movimentou bastante, ainda teve oportunidade para garantir a goleada, mas finalizou para fora.
CRUZEIRO 3 X 0 JOINVILLE
Motivo: 37ª do Campeonato Brasileiro
Data: 29/11/2015 (domingo)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Rodolpho Toski Marques-PR (CBF-1)
Público: 24.933 pagantes
Renda: R$ 679.333,00
Gols: Willian, aos 34 min., e Charles, aos 40 min. do 1º tempo; Alisson, aos 19 min. do 2º tempo
Cruzeiro: Fábio; Ceará, Manoel, Paulo André e Fabrício; Henrique (Charles), Willians, Ariel Cabral (Mayke) e Alisson; Marcos Vinicius (Gabriel Xavier) e Willian
Técnico: Mano Menezes
Joinville: Agenor; Mario Sérgio, Domingues, Guti e Diego; Danrlei, Edson Ratinho, Kadu (Yuri), Ítalo (Fernando Viana) e Marcelinho Paraíba (Edgar Junio); Kempes
Técnico: PC Gusmão
Cartões amarelos: Kempes, Guti e Danrlei (Figueirense); Paulo André e Fábio (Cruzeiro)

Com mais uma grande atuação, o tetracampeão nacional deu um show de bola na despedida do time no Mineirão em 2015 e venceu o Joinville por 3 x 0, com facilidade, na tarde deste domingo, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

Willian, Charles e Alisson marcaram os gols da Raposa, que volta a campo no próximo domingo, às 17h, contra o Internacional, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre-RS, no último jogo do Cruzeiro na temporada.

O jogo

O Maior de Minas partiu para cima do Joinville desde o apito inicial do árbitro paranaense Rodolpho Toski Marques e literalmente encurralou o adversário, que jogava recuado, tentando segurar as investidas da Raposa.

Logo nos primeiros 15 minutos, foram três claras chances de gol do Cruzeiro, com Willian, Willians e Henrique. Na primeira delas, o atacante do bigode recebeu passe açucarado de Alisson e finalizou para o gol, mas o goleiro Agenor fez grande defesa.

Pouco tempo depois, o volante Willians invadiu a área, ganhou do marcador e chutou forte. A bola desviou no zagueiro Guti e saiu para a linha de fundo. Já Henrique aproveitou um cruzamento do meio-de-campo e chutou à direita do gol.

Apostando nos erros do Cruzeiro, o Joinville deu um susto no goleiro celeste aos 17 minutos, em um chute de longe de Kempes, que desviou em Paulo André e quase enganou Fábio, que fez importante defesa.

A Raposa voltou a sufocar o adversário, mas a bola insistia em não entrar, como na batida de Alisson, aos 25, que Agenor defendeu muito bem. Aos 33, Willians lançou Marcos Vinícius, que chutou cruzado. A bola passou entre o goleiro e os atacantes, mas ninguém conseguiu concluir.

Um minuto depois, o Time do Povo finalmente abriu o marcador, através do atacante Willian, que recebeu passe de Ceará, dominou a bola e chutou forte, colocado, sem chance alguma para o goleiro adversário. Cruzeiro 1 x 0.

O gol animou ainda mais a equipe cinco estrelas, que quase ampliou aos 37, novamente com Willian. O artilheiro tabelou com Marcos Vinícius, entrou na área e finalizou para fora, com muito perigo, à esquerda do gol de Agenor.

Só dava o Time do Povo, que, depois de muita pressão, fez mais um aos 40 minutos, em chute muito forte de Charles, de longe. Cruzeiro 2 x 0.

Segundo tempo

Com o placar amplamente favorável e o adversário praticamente batido e sem poder de reação, o Maior de Minas diminuiu o ritmo na etapa final, mas mesmo assim manteve o domínio total da partida.

Empurrado pela maior torcida de Minas Gerais, que não parou de cantar e incentivar o tetracampeão brasileiro um instante sequer, o Cruzeiro sobrava na partida e seguiu buscando a goleada.

Willians e seu quase xará Willian tiveram oportunidades, mas esbarraram em outras defesas do goleiro do Joinville Agenor, que não conseguiu deter o chute de Alisson. O atleta revelado pelas divisões de base celeste marcou um belo gol, aos 19 minutos, após passe de Willian. Cruzeiro 3 x 0.

Quase no final da partida, aos 44, o artilheiro Willian, que jogou muito bem novamente e se movimentou bastante, ainda teve oportunidade para garantir a goleada, mas finalizou para fora.

 

CRUZEIRO 3 X 0 JOINVILLE

Motivo: 37ª do Campeonato Brasileiro

Data: 29/11/2015 (domingo)

Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG

Árbitro: Rodolpho Toski Marques-PR (CBF-1)

Público: 24.933 pagantes

Renda: R$ 679.333,00

Gols: Willian, aos 34 min., e Charles, aos 40 min. do 1º tempo; Alisson, aos 19 min. do 2º tempo

Cruzeiro: Fábio; Ceará, Manoel, Paulo André e Fabrício; Henrique (Charles), Willians, Ariel Cabral (Mayke) e Alisson; Marcos Vinicius (Gabriel Xavier) e Willian

Técnico: Mano Menezes

Joinville: Agenor; Mario Sérgio, Domingues, Guti e Diego; Danrlei, Edson Ratinho, Kadu (Yuri), Ítalo (Fernando Viana) e Marcelinho Paraíba (Edgar Junio); Kempes

Técnico: PC Gusmão

Cartões amarelos: Kempes, Guti e Danrlei (Figueirense); Paulo André e Fábio (Cruzeiro)

 

Fonte: Site Oficial do Cruzeiro

Visualizações Visualizações: 496  
Data e Hora em que foi cadastrado Segunda, 30/11/2015 às 15:34:26


Próximos jogos
Últimos Jogos
Internacional
Cruzeiro
2 0
Atlético-MG
Chapecoense
3 0
Cruzeiro
Joinville
3 0
Grêmio-RS
Atlético-MG
2 1
Atlético-MG
Goiás
2 2
Palmeiras
Cruzeiro
1 1


42 Publicidade