Clubes
Competições
Publicidade
Cruzeiro vence o Goiás no Serra Dourada e aproxima do G4
Vitória por 1 a 0 coloca time celeste a 6 pontos da briga pela vaga na Libertadores
Cristiano Borges/Light Press
Arrascaeta fez o único gol da partida em Goiânia

Com mais uma grande atuação, o Cruzeiro venceu o Goiás por 1 x 0 neste domingo, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, e se aproximou do G-4, a apenas seis pontos do Santos, o quarto colocado.
O jogador da seleção uruguaia De Arrascaeta marcou o gol da vitória da Raposa, que volta a campo no próximo sábado, às 19h30, contra o Avaí, no estádio Ressacada, em Florianópolis.
As duas equipes fizeram uma ótima partida, muito disputada. Logo aos 6 minutos, após vacilo de Fabrício, Zé Eduardo só não marcou por causa de grande defesa de Fábio. O Cruzeiro deu o troco rapidamente, com um cabeceio de Bruno Rodrigo que Renan defendeu.
O jogo era bastante ofensivo e novamente o time da casa esteve perto de marcar, aos 12, mas desta vez Fabrício se redimiu e salvou quase em cima da linha um chute de Bruno Henrique.
Um minuto depois, Fred cobrou falta da entrada da área e Fábio fez outra importante defesa, espalmando para escanteio.
O Time do Povo se refez do susto e teve duas boas chances para abrir o marcador, ambas com o artilheiro Willian. Na primeira delas, o atacante recebeu passe de Marcos Vinícius e chutou forte, mas a bola desviou em Arthur e saiu à linha de fundo. Na outra, após bate rebate na grande área, a bola sobrou para Willian, que chutou colocado, no canto esquerdo do goleiro Renan, mas a bola saiu à linha de fundo.
Aos 40, o goleiro Fábio fez outra precisa intervenção, ao defender um chute muito perigoso de Erik.
Segundo tempo
O Cruzeiro voltou para a etapa final com a mesma formação e abriu o marcador rapidamente, aos 6 minutos, com De Arrascaeta, de cabeça, após rebote do goleiro Renan, que não conseguiu segurar uma bomba do atacante Willian.
O gol animou ainda mais o Time do Povo, que quase ampliou com Willian, na entrada da área, mas o goleador finalizou acima da meta. A Raposa mandava no jogo e por pouco não fez o segundo, de novo com De Arrascaeta, que recebeu passe de Marcos Vinícius na grande área e, com o gol aberto, chutou para fora.
O time da casa deu trabalho a Fábio em uma falta cobrada por Fred, que o goleiro estrelado fez excelente defesa, evitando o que poderia ter sido o empate da equipe goiana.
Atrás no marcador, o Goiás se mandou para frente, mas não conseguia transpor o muito bem montado esquema ofensivo cinco estrelas. Diante disso, teve que arriscar os chutes de longe, como fez Bruno Henrique, para fora. Outra oportunidade foi novamente em falta cobrada por Fred, que a bola saiu, com muito perigo, à esquerda do gol de Fábio.
O Cruzeiro segurava o ímpeto do adversário e ainda teve chance para ampliar o marcador, em uma jogada de Fabrício, que cruzou para a área, onde estavam Willian e Marcos Vinícius. Diogo Barbosa chegou primeiro e tirou a bola para a linha de fundo.
Nos instantes finais, o Goiás arriscou tudo, pressionou bastante o Cruzeiro e não conseguiu o gol de empate especialmente por causa de duas outras grandes defesas de Fábio, em chutes de Ruan e Bruno Henrique.
GOIÁS 0 X 1 CRUZEIRO
Motivo: 31ª do Campeonato Brasileiro
Data: 25/10/2015 (domingo)
Local: estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO
Árbitro: Nilson Nogueira Dias-PE (CBF-2)
Público: 12.393 pagantes
Renda: R$ 112.740,00
Gol: De Arrascaeta, aos 6 min. do 2º tempo
Goiás: Renan; Gimenez (Wesley), Felipe Macedo, Fred e Diogo Barbosa; Patrick, David, Arthur (Murilo Henrique) e Erik; Bruno Henrique e Zé Eduardo (Ruan)
Técnico: Danny Sérgio
Cruzeiro: Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Paulo André e Fabrício; Henrique, Willians (Marquinhos), Ariel Cabral (Charles) e De Arrascaeta; Marcos Vinicius e Willian (Leandro Damião)
Técnico: Mano Menezes
Cartões amarelos: Paulo André, Fabrício, Willians e Ariel Cabral (Cruzeiro); Erik, Arthur, Bruno Henrique e Patrick (Goiás)

Com mais uma grande atuação, o Cruzeiro venceu o Goiás por 1 x 0 neste domingo, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, e se aproximou do G-4, a apenas seis pontos do Santos, o quarto colocado.

O jogador da seleção uruguaia De Arrascaeta marcou o gol da vitória da Raposa, que volta a campo no próximo sábado, às 19h30, contra o Avaí, no estádio Ressacada, em Florianópolis.

As duas equipes fizeram uma ótima partida, muito disputada. Logo aos 6 minutos, após vacilo de Fabrício, Zé Eduardo só não marcou por causa de grande defesa de Fábio. O Cruzeiro deu o troco rapidamente, com um cabeceio de Bruno Rodrigo que Renan defendeu.

O jogo era bastante ofensivo e novamente o time da casa esteve perto de marcar, aos 12, mas desta vez Fabrício se redimiu e salvou quase em cima da linha um chute de Bruno Henrique.

Um minuto depois, Fred cobrou falta da entrada da área e Fábio fez outra importante defesa, espalmando para escanteio.

O Cruzeiro se refez do susto e teve duas boas chances para abrir o marcador, ambas com o artilheiro Willian. Na primeira delas, o atacante recebeu passe de Marcos Vinícius e chutou forte, mas a bola desviou em Arthur e saiu à linha de fundo. Na outra, após bate rebate na grande área, a bola sobrou para Willian, que chutou colocado, no canto esquerdo do goleiro Renan, mas a bola saiu à linha de fundo.

Aos 40, o goleiro Fábio fez outra precisa intervenção, ao defender um chute muito perigoso de Erik.

Segundo tempo

O Cruzeiro voltou para a etapa final com a mesma formação e abriu o marcador rapidamente, aos 6 minutos, com De Arrascaeta, de cabeça, após rebote do goleiro Renan, que não conseguiu segurar uma bomba do atacante Willian.

O gol animou ainda mais o time celeste, que quase ampliou com Willian, na entrada da área, mas o goleador finalizou acima da meta. A Raposa mandava no jogo e por pouco não fez o segundo, de novo com De Arrascaeta, que recebeu passe de Marcos Vinícius na grande área e, com o gol aberto, chutou para fora.

O time da casa deu trabalho a Fábio em uma falta cobrada por Fred, que o goleiro estrelado fez excelente defesa, evitando o que poderia ter sido o empate da equipe goiana.

Atrás no marcador, o Goiás se mandou para frente, mas não conseguia transpor o muito bem montado esquema ofensivo cinco estrelas. Diante disso, teve que arriscar os chutes de longe, como fez Bruno Henrique, para fora. Outra oportunidade foi novamente em falta cobrada por Fred, que a bola saiu, com muito perigo, à esquerda do gol de Fábio.

O Cruzeiro segurava o ímpeto do adversário e ainda teve chance para ampliar o marcador, em uma jogada de Fabrício, que cruzou para a área, onde estavam Willian e Marcos Vinícius. Diogo Barbosa chegou primeiro e tirou a bola para a linha de fundo.

Nos instantes finais, o Goiás arriscou tudo, pressionou bastante o Cruzeiro e não conseguiu o gol de empate especialmente por causa de duas outras grandes defesas de Fábio, em chutes de Ruan e Bruno Henrique.

 

GOIÁS 0 X 1 CRUZEIRO

Motivo: 31ª do Campeonato Brasileiro

Data: 25/10/2015 (domingo)

Local: estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO

Árbitro: Nilson Nogueira Dias-PE (CBF-2)

Público: 12.393 pagantes

Renda: R$ 112.740,00

Gol: De Arrascaeta, aos 6 min. do 2º tempo

Goiás: Renan; Gimenez (Wesley), Felipe Macedo, Fred e Diogo Barbosa; Patrick, David, Arthur (Murilo Henrique) e Erik; Bruno Henrique e Zé Eduardo (Ruan)

Técnico: Danny Sérgio

Cruzeiro: Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Paulo André e Fabrício; Henrique, Willians (Marquinhos), Ariel Cabral (Charles) e De Arrascaeta; Marcos Vinicius e Willian (Leandro Damião)

Técnico: Mano Menezes

Cartões amarelos: Paulo André, Fabrício, Willians e Ariel Cabral (Cruzeiro); Erik, Arthur, Bruno Henrique e Patrick (Goiás)

 

Fonte: Site Oficial do Cruzeiro

Visualizações Visualizações: 454  
Data e Hora em que foi cadastrado Segunda, 26/10/2015 às 18:36:20


Próximos jogos
Últimos Jogos
Internacional
Cruzeiro
2 0
Atlético-MG
Chapecoense
3 0
Cruzeiro
Joinville
3 0
Grêmio-RS
Atlético-MG
2 1
Atlético-MG
Goiás
2 2
Palmeiras
Cruzeiro
1 1


42 Publicidade